Arquivos do Blog

Um pouco sobre Blogs

 

Muitas pessoas chamam os blogs de diários virtuais, pois existe uma periodicidade de postagem diária, fazendo com que esta ferramenta da internet possa ser comparada com os diários físicos. Além de que nos blogs como nos diários são escritos assuntos pessoais e não há censura para eles. As empresas e instituições também aderiram aos blogs, hoje essas organizações utilizam a ferramenta como forma de divulgação de sua marca ou trabalho.

A facilidade que os blogs trazem faz da ferramenta ser uma das mais utilizadas na internet, ainda existe o fator financeiro, pois os maiores sites que hospedam blogs são gratuitos. Enquanto para criar um site e mantê-lo é preciso ter gastos com webdesign, domínio, entre outros. Geralmente os blogs são mais textuais, mas com o advento do vídeo, áudio e imagem, os blogs também aderiram ao texto multimídia. Os textos dos blogs seguem os mesmos parâmetros do texto de internet: curto, simples e atraente.

As atualizações dos blogs são realizadas com certa frequência, uns atualizam diariamente, outros semanalmente, entre outras possibilidades. Essas atualizações são chamadas de postagens, que vem de post (= postar). Os dois sites mais populares que oferecem ao internauta criar blogs com mais facilidade são o blogger.com e o wordpress.com. Através desses sites a criação e edição se tornam simples, além de que o serviço é gratuito.

Com o blog é possível que o seu ministério possa ser divulgado para todo o mundo, fazendo com que a palavra de Deus possa atingir várias pessoas. De uma forma simples, prática e barata você poderá postar textos, fotos, vídeos e áudio. Não perca mais tempo, conecte o seu ministério e evangelize o mundo todo.

 

Post da Série: A Igreja e a Internet

 

Erick França

Anúncios

O Dossiê do Líder de Jovens

 

Para tentar entender o jovem brasileiro a MTV esquadrinha os grandes centros urbanos, desde 1999, com o Dossiê Universo Jovem. Já foram 5, o último foi feito em 2010: Dossiê Universo Jovem MTV V – Screen Generation

Os temas pesquisados são: família, religião, educação, sexo, poder de consumo e hábitos de mídia, sustentabilidade e a preservação do planeta, tecnologia, consumo de conteúdo, paixão por telas, música, etc…

Uma ferramenta excelente para o líder de jovens que deseja conhecer seu público 😉

Veja o conteúdo completo do Dossiê Universo Jovem 5, ou apenas os pontos principais.

Uma ferramenta excelente para o líder de jovens que deseja conhecer seu público 😉

 

Autor: Joice Atique

O que a comunicação tem a ver com a igreja?

 

A Bíblia é o meio que Deus usou para se comunicar com o mundo, logo – e sem muita dificuldade mental para concluir isso -, a Bíblia é o ‘meio de comunicação’ de Deus com o mundo. Portando, Deus é um comunicador.

Mas não apenas isso, ele também nos convoca a “anunciar” (Is 52.7), “ensinar” (Dt 6.7), “pregar” (2Tm 4.2), “espalhar a mensagem” (Mc 16.15); em outras palavras, ‘comunicar’. Desta maneira, todo cristão é um comunicador – ou deveria ser. Então agora enxergamos a igreja local como um ajuntamento de comunicadores. E o que comunicadores fazem? Comunicam – essa também não foi muito difícil.

No post anterior vimos que existe a maneira certa de se comunicar – respeitando a cultura – e existe a maneira errada – qualquer outra maneira que não seja respeitando a cultura. Na prática, em uma igreja que entende isto:

– os adolescentes não assistem a mesma aula que a terceira idade; eles têm um plano de aula desenvolvido para despertar seu interesse e comunicar com excelência a Palavra de Deus.

– a mensagem pastoral não é exclusividade dos membros que participaram do culto. Ela é divulgada através de mensagens no blog ou vídeos.

– o ensino não é entediante, pois os recursos audiovisuais – e o preparo do professor – o tornam mais agradável e eficiente.

– os membros da igreja são encorajados a evangelizar usando de maneira correta todos os meios de comunicação que conhecem.

A pergunta que todo líder deve fazer é: “Como usar isso em minha igreja?”

Em breve vamos disponibilizar aqui no blog um pequeno Manual de Comunicação para a Igreja. Se você tem alguma sugestão ou dica sobre o assunto é só deixar nos comentários 😉

 

Joice Atique

A estratégia de comunicação nas igrejas

(via http://www.himitsukichi.info/)

Vivemos no mundo eletrônico, onde todos estão conectados, é a famosa Aldeia Global de Marshall McLuhan. Porém muitas pessoas ainda não entendem, ou tem algum receio de aceitar, as novas tecnologias em seu cotidiano. É difícil para uma pessoa que nasceu antes da década de 50 aceitar a mudança tecnológica que o mundo passou nos últimos anos. Por exemplo, as cartas que passavam dias para chegar ao destinatário, são enviadas em segundos pelo e-mail. As conversas por linhas telefônicas foram trocadas por VoIP (transmissão de voz através da internet), muito mais rápida e eficaz que as ligações telefônicas tradicionais. Parece que a facilidade de comunicação ainda não seduziu essas pessoas.

No processo de transição de um mundo analógico para o digital, mudamos nossos hábitos, atualmente, fazemos tudo ao mesmo tempo e muito rápido. A dificuldade de entender as novas tecnologias criou um impedimento de alguns líderes para o uso das ferramentas de comunicação em suas igrejas. Infelizmente ainda não entenderam que essas ferramentas deixam os homens “mais próximos” uns dos outros, pois pessoas em continentes diferentes conseguem se comunicar em minutos. É preciso abrir os olhos para utilizar a grande estratégia de comunicação que nos é proporcionada.

Por outro lado, a praticidade que as novas ferramentas comunicacionais trouxeram ao mundo seduziu algumas igrejas. De uns anos para cá esta deixou de ver a tecnologia como diabólica e passou a usá-la. A evangelização ficou mais acessível, pois é possível alcançar milhares de pessoas ao mesmo tempo. A inserção de vídeos, textos e transmissão de cultos, ao vivo, pela internet ficaram cada vez mais corriqueiras.

Como o Novo Testamento foi escrito em Grego visando o alcance de todos, as novas ferramentas comunicacionais devem ser usadas pelas igrejas visando que o evangelho alcance a todos. Nos últimos anos algumas igrejas têm aderido à internet, elas possuem websites, contas no Facebook, Orkut, Twitter, entre outros. É uma prova de que a comunicação se tornou essencial em nossos dias. Abracemos esta ideia de olhar a comunicação como estratégia de propagação do Reino de Deus e deixemos de lado o conceito errado de comunicação nas igrejas.


Autor: Erick França

Não desprezarás as redes sociais

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações” – Mateus 28.19

 

Não existe verdadeira vida cristã sem discipulado.

Não há discipulado sem intimidade.

Não é possível adquirir intimidade sem tempo para conversar.

Tempo, não temos.

E mesmo que você, líder, organize seu trabalho, ministério e estudo para poder se encontrar com todos os seus liderados todas as semanas – sonho meu- a verdade é que eles terão muita dificuldade para fazer o mesmo.

O que fazer?

Eis o 11º mandamento para líderes de jovens/adolescentes: “Não desprezarás as redes sociais”.

É claro que elas não fazem todo o trabalho, você ainda precisa se esforçar para conseguir um tempo com seus discipulados e aproveitá-lo ao máximo.

Mas elas ajudam, e muito!

Para construir intimidade com alguém é valioso ter um contato diário para compartilhar coisas bobas ou perguntar sobre o dia. Este tipo de amizade diminui as barreiras e ajuda em momentos de exortação e ensino.

Mas atenção:

1º não seja o líder chato que ficará criticando todos os comentários e fotos, como se a sua missão nas redes sociais fosse vigiar seus liderados; isso apenas os afastará de você.

2º tome cuidado para que os seus comentários e fotos não comprometam seu testemunho e, consequentemente, sua liderança.

Que Deus nos dê sabedoria para utilizar esta ferramenta para o Reino.

 

Autor: Joice Atique.

%d blogueiros gostam disto: