Arquivos do Blog

10 gadgets que os smartphones mataram

Recentemente, a Cisco anunciou que sua linha de mini-filmadoras Flip seria descontinuada. Em parte, a culpa por isso pode ser colocada nas – cada vez melhores – câmeras que os smartphone possuem. Mas, afinal, quantos produtos já deixaram de existir por causa dos modernos celulares?

Elaboramos uma lista com as vítimas dossmartphones. Se você conhece outras além das que lembramos, deixe seu comentário – e contate as autoridades responsáveis. Comecemos com as primeiras que vieram a nossa mente.

MP3 Players
Quando foi a última vez que você carregou um tocador de MP3 que fizesse só isso, tocar músicas? Quando a Apple lançou o primeiro iPhone, em 2007, seu destino foi traçado: os dispositivos que não tivessem, também, a capacidade de navegar na web ou abrir aplicativos – vide o iPod Touch – desapareceriam aos poucos. Sim, o iPod Classic continua à venda, mas seus dias estão contados E mesmo que a companhia de Steve Jobs ainda lucre com esse aparelhos, esse número tem caído na mesma medida que a renda com o iPhone tem crescido.

Console de videogame portátil
O Nintendo DS e o Sony PSP ainda estão à venda, mas parecem uma relíquia do tempo em que as pessoas utilizavam o celular principalmente para fazer ligações. Hoje há uma enorme variedade de jogos para smartphones, principalmente na App Store e na Android Store. Portanto, quem carrega na cochila um console portátil e um smartphone? Você está animado com o Nintendo 3DS, que não requerem óculos para visualizar efeitos 3D? Ou prefere investir, por exemplo, no LG Optimus 3D, que promete o mesmo recurso?

Câmeras digitais
Mesmo as câmeras baratas costumam tirar fotos melhores que smartphones, mas, mais uma vez, as pessoas, em vez de levar vários dispositivos na mala, preferem ter um que agrega todas as funções. Além disso, as fotos tiradas por celulares estão cada vez melhores e não é à toa que o iPhone 4 é uma das câmeras mais populares no Flickr.

Video Players
Você se lembra da linha de tocadores de vídeo portáteis da Archos? Ou do iPod Video da 5ª geração? Os dois foram feitos para que tanto arquivos de áudio quanto de vídeos fossem suportados. Tais habilidades, porém, estão presentes na maioria dos smartphones e, além de terem ótimas telas, acessam sites na Internet, como YouTube e Hulu, o que, por vezes, dispensa a transferência de arquivos aos aparelhos.

Gravador de Voz
Antes, muitos jornalistas levavam consigo gravadores, por serem muito importantes para entrevistas. Algumas pessoas também costumavam comprá-los para gravar recados e não esquecerem tarefas. Ainda há aparelhos como esses – agora, digitais – nas lojas, mas celulares básicos já satisfazem tal necessidade. Os smartphones contam ainda com aplicativos para configurações avançadas.

GPS
Por que comprar um GPS para o seu carro se seu smartphone pode substituí-lo facilmente? Por mais que eles estejam bem mais baratos, não há grandes motivos para adquiri-los. Curiosamente, algumas fabricantes têm facilitado a transição, ao desenvolverem aplicativos com indicações por voz para as principais plataformas móveis.

PDA
Aqui no Brasil a Palm virou sinônimo desse aparelho. Ele se propunha a gerenciar seus contatos, manejar despesas, organizar a agenda. Foram úteis na época em que os monitores de tubo eram populares. Mas, já em 2001, quando alguns celulares começaram a ter recursos parecidos, ficou claro que os PDAs sumiriam. Tanto é que a Palm correu atrás do tempo perdido e lançou seus smartphones – que não foram nada bem.

Relógios de pulso
Se antes esses relógios eram úteis, agora são simplesmente um acessório da moda. Eles começaram a ser substituídos logo que os celulares começaram a se popularizar e, hoje em dia, você não deve conhecer muita gente que ande com um desses – talvez sua avó. Talvez eles ressurjam, diga-se, já que já há notícia de relógios com Android – um modelo da Sony, por exemplo – o que tornaria os smartphones ainda mais portáteis.

Guia de ruas
Quando foi a última vez que você comprou um guia? Você ainda o utiliza? Eles começaram a perder utilidade quando o GPS foi lançado, mas quem acelerou o processo foi o Google Maps – por ser gratuito. Hoje em dia, com smartphones dotados de aplicativos específicos e aparelhos GPS baratos, os guias viraram peça de museu. Você pode até ser uma pessoas precavida, que deixa um desses livrões no carro para quando o celular estiver sem sinal ou acabar a bateria do GPS, mas saiba que você é um dos únicos.

TVs portáteis
As TVs portáteis ainda estão nas lojas, mas à medida que os smartphones começarem a acessar a TV digital, elas também deixarão de existir. Hoje em dia já existem celulares baratos com tal função e a tendências é que mais surjam, devido ao interesse que as operadores têm de oferecer o serviço. As TVs portáteis nem chegaram a ser populares, também só se tornaram possíveis por causa da regulamentação da TV digital no Brasil, mas mal chegaram no mercado e já deverão desaparecer.

Vi Aqui

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: