Arquivo mensal: setembro 2011

O Dossiê do Líder de Jovens

 

Para tentar entender o jovem brasileiro a MTV esquadrinha os grandes centros urbanos, desde 1999, com o Dossiê Universo Jovem. Já foram 5, o último foi feito em 2010: Dossiê Universo Jovem MTV V – Screen Generation

Os temas pesquisados são: família, religião, educação, sexo, poder de consumo e hábitos de mídia, sustentabilidade e a preservação do planeta, tecnologia, consumo de conteúdo, paixão por telas, música, etc…

Uma ferramenta excelente para o líder de jovens que deseja conhecer seu público 😉

Veja o conteúdo completo do Dossiê Universo Jovem 5, ou apenas os pontos principais.

Uma ferramenta excelente para o líder de jovens que deseja conhecer seu público 😉

 

Autor: Joice Atique

Investindo na internet

 

A internet é o meio de comunicação mais utilizado ultimamente pela população. Inicialmente, por ser uma tecnologia nova, ela era usada por pessoas mais jovens, com o passar do tempo ela se disseminou e as mais diversas faixas etárias passaram a utilizar a Rede Mundial de Computadores. Segundo pesquisas, 76 milhões de brasileiros acessam a internet, e 1,96 bilhão de pessoas acessam no mundo.

A internet foi criada para fins militares, depois de um tempo foi aberta para universidades e em seguida para a população. Com a internet mudou-se as atividades sociais do mundo, as redes sociais, como Facebook, Twitter e Orkut, mudaram a forma de socialização e interação entre as pessoas. Em alguns países a internet é proibida, pois é uma ferramenta política poderosa, conseguindo até derrubar governos ditatoriais.

Através deste fantástico meio de comunicação é possível disseminar o evangelho de Cristo, através de sites, blogs, vídeos, entre outros. Devemos pegar o que há de melhor na World Wide Web (Rede de Alcance Mundial) para colocar a serviço do Reino de Deus. Ultimamente, as igrejas estão atentando para a internet e investem neste meio, pois a partir dela é possível alcançar milhões de pessoas em todo mundo.

Desde mandar um e-mail para alguém falando de Cristo, transmitir ao vivo um culto, colocar  mensagens gravadas, disponibilizar materiais sobre o evangelho para download, divulgar as maravilhas que Cristo faz no meio de nossos rebanhos, entre outros. A internet tem várias opções para que a igreja faça a diferença como igreja. Não perca tempo e invista já neste meio de comunicação e faça valer a missão de evangelização da igreja de Cristo.

 

Post da série ‘A Igreja e a internet’.

Erick França

O que a comunicação tem a ver com a igreja?

 

A Bíblia é o meio que Deus usou para se comunicar com o mundo, logo – e sem muita dificuldade mental para concluir isso -, a Bíblia é o ‘meio de comunicação’ de Deus com o mundo. Portando, Deus é um comunicador.

Mas não apenas isso, ele também nos convoca a “anunciar” (Is 52.7), “ensinar” (Dt 6.7), “pregar” (2Tm 4.2), “espalhar a mensagem” (Mc 16.15); em outras palavras, ‘comunicar’. Desta maneira, todo cristão é um comunicador – ou deveria ser. Então agora enxergamos a igreja local como um ajuntamento de comunicadores. E o que comunicadores fazem? Comunicam – essa também não foi muito difícil.

No post anterior vimos que existe a maneira certa de se comunicar – respeitando a cultura – e existe a maneira errada – qualquer outra maneira que não seja respeitando a cultura. Na prática, em uma igreja que entende isto:

– os adolescentes não assistem a mesma aula que a terceira idade; eles têm um plano de aula desenvolvido para despertar seu interesse e comunicar com excelência a Palavra de Deus.

– a mensagem pastoral não é exclusividade dos membros que participaram do culto. Ela é divulgada através de mensagens no blog ou vídeos.

– o ensino não é entediante, pois os recursos audiovisuais – e o preparo do professor – o tornam mais agradável e eficiente.

– os membros da igreja são encorajados a evangelizar usando de maneira correta todos os meios de comunicação que conhecem.

A pergunta que todo líder deve fazer é: “Como usar isso em minha igreja?”

Em breve vamos disponibilizar aqui no blog um pequeno Manual de Comunicação para a Igreja. Se você tem alguma sugestão ou dica sobre o assunto é só deixar nos comentários 😉

 

Joice Atique

Afinal, o que é comunicação?

 

A comunicação é o que possibilita que duas pessoas interajam, troquem informações. Ela também é a base do desenvolvimento, com a comunicação nós compartilhamos conhecimento,  desenvolvemos relacionamentos, resolvemos problemas e ainda entretemos. Parece que sem comunicação não haveria muito para fazermos aqui na terra.

Com o desenvolvimento da tecnologia a comunicação se tornou bem mais rápida, dinâmica e fácil… Fácil?! Será?

Nós podemos trocar mensagens instantâneas com pessoas do outro lado do mundo sem a menor dificuldade. Os aparelhos eletrônicos e sites da internet facilitam muito para a gente; está tudo pronto, é só apertar o botão e “Enviar”, “Compartilhar”, “Gravar”, “Seguir”,  “Curtir”. Mas há um aspecto da comunicação que é bem complexo: a cultura.

Durante meus estudos tive aula com uma Doutora em Comunicação nas Novas Mídias. Ela conhecia todas as modinhas da internet, era capaz de dizer as estatísticas dos principais sites, orientou diversas pesquisas sobre os jovens e a internet e tinha uma infinidade de artigos publicados sobre o assunto. Mas esta senhora de cinquenta e tantos anos confessava não saber conversar no MSN. Não se sentia confortável com o tempo de resposta das mensagens – É mal educado demorar? É estranho responder imediatamente? – e não conseguia escrever da forma ‘despojada’, mesmo quando tentava encher a mensagem de abreviações. Ela conhecia profundamente o meio de comunicação, mas não conseguiu entender a cultura daquele meio.

Portanto, comunicação não é o meio utilizado – site, rede social, jornal, vídeo – , comunicação é a maneira como as pessoas utilizam estes meios, é a cultura e os costumes que envolvem este processo.

 

 

Autor: Joice Atique

Plano de Comunicação nas Igrejas

 
É preciso planejar para colocar algo em prática. Com a área da comunicação não é diferente, é de grande importância a elaboração de um planejamento para que a comunicação funcione nas igrejas. Antes do planejamento é necessária a escolha de pessoas para compor o departamento de comunicação, preferencialmente, escolha pessoas que sejam desta área, mas se não for possível, capacite as pessoas que ficarão à frente do departamento.

 

Antes de tudo é preciso fazer um diagnóstico sobre a comunicação em sua igreja. Já existe departamento específico? Quem se responsabiliza por esta parte? Como está esta área? Logo após inicia-se as etapas do plano. Primeiramente, escolhem-se os objetivos, ou seja, as metas a serem atingidas. Estes objetivos devem ser divididos em curto, médio e longo prazo. Esta divisão depende de como o departamento deverá ser implantado, de forma rápida ou gradual. Para fazer valer os objetivos é preciso montar uma estratégia, é nesta parte que se define como a comunicação será trabalhada na igreja.

 

A estratégia vem seguida do plano de ação, ou seja, o que deve ser feito, quem deve fazer, quando deve ser feito, qual o tempo necessário para a realização, quais meios utilizará, como e onde será realizado e quanto custará. Defina estas questões: o que se pretende atingir com o departamento de comunicação; quais meios a igreja pretende utilizar (internet, boletim, entre outros); qual o público-alvo, ou seja, a quem se destina a comunicação da igreja, aos membros ou pessoas de fora da igreja, se for para os dois públicos, o que se pretende atingir para cada um deles.

 

A última fase do plano é a sua implantação e avaliação, para saber se os objetivos foram atingidos. Pode até parecer complicado implantar um ministério de comunicação na igreja, mas não é. Basta seguir o planejamento a risco. O plano de comunicação é importante, pois dá um norte. Através dele fica mais claro o trabalho do departamento e, por conseguinte, o investimento e o trabalho em comunicação da igreja.

 

 

__

Autor: Erick França

Podcast: Ensino Criativo

Olá Pessoas!

Duas dicas no post de hoje:

Primeiro – Podcasts!

Quê isso?!

É um programa de audio, geralmente curto, que você pode ouvir diretamente da internet ou baixar para ouvir no carro, no ônibus… E é também uma ferramenta a mais para você, querido líder, ensinar com criatividade!

Existem vários podcasts cristãos bons na internet – pesquise! – a nossa dica é o Irmaos.com, programas semanais e com assuntos diversos. Ouça o pod sobre Ensino Criavo:

Daí vem a nossa segunda dica de hoje – CRIAMA  – 1 Congresso de Ensino Criativo no Brasil! (São Paulo)

Se você acabou de ouvir o podcast e decidiu que está na hora de aprender a comunicar com impacto a Palavra de Deus entre neste link e faça sua inscrição:

Autor: Joice Atique

Uma comunicação eficaz

Comunicação é uma troca de informações entre as pessoas, que segundo Jakobson, acontece através do emissor (quem envia a mensagem) da mensagem (o que se quer comunicar) e do receptor (a quem destina a mensagem). Quando a informação transmitida na mensagem não é feita de forma adequada, o receptor não irá entender o que o emissor quis dizer. Por isso, saber se comunicar é de extrema importância para um líder, pois a mensagem deve ser entendida em sua totalidade por seus liderados.

Quantas vezes já nos deparamos com pessoas que não sabiam se comunicar, ou falavam de mais, ou gritavam muito, ou não tinham boa dicção. Certamente, a mensagem não foi entendida pelos receptores e não houve comunicação eficaz. Timidez de falar em público, nervosismo, má preparação, falar muito rápido e estado emocional abalado, são alguns dos fatores que contribuem para a má transmissão da mensagem.

Os líderes têm a importante missão de falar de uma forma eficaz para que o povo de Deus entenda o que Deus quer falar com eles. Se tratando da palavra de Deus é importante que o líder saiba se comunicar adequadamente. Moisés é um exemplo Bíblico de um homem chamado por Deus que tinha dificuldades de comunicação, pois não tinha facilidade para falar. Deus levantou Arão para falar por Moisés e disse-o que sempre estaria com ele.

Deus poderá levantar alguém, como aconteceu com Moisés, ou poderá capacitar o próprio líder, o importante é que a mensagem deve ser entendida em sua totalidade, pois se trata da palavra de Deus. Para ter uma boa comunicação é preciso falar pausadamente, falar firme e com convicção, pensar antes do que vai falar e estar em um bom estado emocional. Também é aconselhável que se faça exercícios para a fala, através do acompanhamento de um fonoaudiólogo. Uma mensagem entendida pelo receptor é o resultado de uma comunicação eficaz.

Autor: Erick França

Ensinar pode ser divertido!

Primeiríssima versão cinematográfica de Alice!

É interessante notar que em 1903 o cinema ainda não tinha uma linguagem, e por isso usava a mesma forma de comunicação das artes cênicas, ou seja, era um teatro filmado!
Não existia plano e contra plano, o movimento da câmera era muito tímido, não sabiam ainda costurar cenas entre um cenário e outro. Estas questões parecem óbvias para nossos olhos hollywoodianos, mas só foram resolvidas por Griffith uma década depois.
Mas o que isso tem a ver com você, meu caro líder?

Explico:
Desde 1903 a tecnologia audiovisual deu um ‘passinho’ à frente. Com a facilidade de filmar, editar e compartilhar vídeos qualquer um pode se aventurar na vida cinematográfica… Ou youtubetográfica… Enfim!

A questão é: Aprender sobre os livros históricos pode ser divertido! O tempo de discipulado não precisa ser enfadonho! Por que não desafiar seus alunos/grupo de discipulado a fazer um vídeo? Faça com eles! Deixe todos assistirem na próxima reunião, desafie outros…

Quem sabe pode tornar isso um costume… Ou um ministério!

Ensinar/discipular pode ser divertido! E nossa obrigação como líderes é usar todas as ferramentas que estão em nossas mãos para ajudar nossos liderados!


Autora: Joice Atique

A estratégia de comunicação nas igrejas

(via http://www.himitsukichi.info/)

Vivemos no mundo eletrônico, onde todos estão conectados, é a famosa Aldeia Global de Marshall McLuhan. Porém muitas pessoas ainda não entendem, ou tem algum receio de aceitar, as novas tecnologias em seu cotidiano. É difícil para uma pessoa que nasceu antes da década de 50 aceitar a mudança tecnológica que o mundo passou nos últimos anos. Por exemplo, as cartas que passavam dias para chegar ao destinatário, são enviadas em segundos pelo e-mail. As conversas por linhas telefônicas foram trocadas por VoIP (transmissão de voz através da internet), muito mais rápida e eficaz que as ligações telefônicas tradicionais. Parece que a facilidade de comunicação ainda não seduziu essas pessoas.

No processo de transição de um mundo analógico para o digital, mudamos nossos hábitos, atualmente, fazemos tudo ao mesmo tempo e muito rápido. A dificuldade de entender as novas tecnologias criou um impedimento de alguns líderes para o uso das ferramentas de comunicação em suas igrejas. Infelizmente ainda não entenderam que essas ferramentas deixam os homens “mais próximos” uns dos outros, pois pessoas em continentes diferentes conseguem se comunicar em minutos. É preciso abrir os olhos para utilizar a grande estratégia de comunicação que nos é proporcionada.

Por outro lado, a praticidade que as novas ferramentas comunicacionais trouxeram ao mundo seduziu algumas igrejas. De uns anos para cá esta deixou de ver a tecnologia como diabólica e passou a usá-la. A evangelização ficou mais acessível, pois é possível alcançar milhares de pessoas ao mesmo tempo. A inserção de vídeos, textos e transmissão de cultos, ao vivo, pela internet ficaram cada vez mais corriqueiras.

Como o Novo Testamento foi escrito em Grego visando o alcance de todos, as novas ferramentas comunicacionais devem ser usadas pelas igrejas visando que o evangelho alcance a todos. Nos últimos anos algumas igrejas têm aderido à internet, elas possuem websites, contas no Facebook, Orkut, Twitter, entre outros. É uma prova de que a comunicação se tornou essencial em nossos dias. Abracemos esta ideia de olhar a comunicação como estratégia de propagação do Reino de Deus e deixemos de lado o conceito errado de comunicação nas igrejas.


Autor: Erick França

A Igreja vai para as ruas

Assista outras pregações de Ronaldo lidório em nosso site.

%d blogueiros gostam disto: